Patchwork: Tudo o que precisa de saber

Patchwork Tudo o que precisa de saber

O patchwork é uma das técnicas mais antigas de artesanato, havendo registos destes trabalhos feitos no Egito, há mais de 3.500 anos.

Ainda hoje, esta técnica é muito admirada por quem pratica e gosta de trabalhos manuais.

Cobertores, almofadas, panos de cozinha, e até mesmo cortinas são alguns exemplos de artigos que podem ser fabricados a partir desta técnica.

Contudo, o patchwork é versátil, e pode ser utilizado para criar os mais diversos tipos de objetos.

Basta deixar a sua imaginação fluir e a criatividade trabalhar!

No artigo de hoje vamos falar mais sobre esta técnica, além de enumerar algumas dicas para quem deseja iniciar.

6 dicas práticas para quem deseja iniciar no Patchwork

Quando traduzimos a palavra do inglês, patchwork significa “trabalho com retalhos”.

Desta forma, os retalhos de tecido são fundamentais para colocar em prática esta técnica, utilizando diversos formatos, cores e padrões.

E este é um dos grandes atrativos deste tipo de trabalho artesanal. Pois permite combinar e criar designs infinitos.

Não há limite para a sua criatividade.

Ainda, devido à versatilidade que propicia, cada peça confeccionada é totalmente única.

Se tem curiosidade e pretende iniciar no patchwork, conheça as seguintes dicas que vão, certamente, ser uma boa ajuda!

1 – Os materiais necessários

O primeiro passo é reunir os materiais necessários para começar a trabalhar.

Muitos deles encontra aqui na loja Maria Pirosa. Na lista básica de materiais, vai precisar de:

  • Tecidos 100% Algodão
  • Enchimento (100% Algodão, chamado Batting)
  • Réguas (centímetros ou polegadas)
  • Lápis/ Marcadores
  • Tesoura
  • Alfinetes finos e de vários formatos
  • Agulhas de vários tamanhos
  • Linhas

2 – A escolha dos tecidos

Esta é uma das partes mais divertidas: a escolha dos retalhos.

Relativamente aos tamanhos, uma dica importante é evitar, pelo menos no início, os retalhos mais pequenos.

Isto porque, devido às dimensões mais reduzidas, pode ter dificuldade para os costurar e levar bastante tempo para finalizar o trabalho.

Assim, aposte em retalhos de tamanho médio, ou até mesmo grande.

Já em relação aos padrões, não há regras a seguir. Escolha as cores e padrões que mais gostar.

Se vai fazer uma almofada para a sua sala, por exemplo, tente escolher tecidos com cores que combinem com a decoração já existente.

Tudo vai depender da finalidade da peça a criar.

3 – Recorte como quiser

Trabalhar com patchwork é como montar um puzzle. Afinal, os retalhos são cortados em diferentes formatos, que quando costurados formam o resultado final.

Por isso, pode cortar os tecidos em quadrados, triângulos, ou outra forma geométrica à escolha.

Para não se perder, coloque os retalhos sobre uma mesa, e vá moldando. Isto permite que possa testar, até encontrar um formato visualmente interessante e que se encaixe na peça.

4 – Costure os tecidos

Com os tecidos cortados, é hora de os costurar uns aos outros. Dependendo das peças, o Patchwork tradicional pode ser à mão ou à máquina.

Naturalmente que com a máquina o trabalho é mais fácil e rápido. Contudo, se ainda não tem prática com este equipamento, pode perfeitamente costurar à mão.

Nesta altura, já será possível ver a forma da sua peça de artesanato, e como será o resultado final.

5 – Cuidado com o preenchimento

Para que a sua peça tenha aquele aspeto “fofo” característico do patchwork, será preciso trabalhar o enchimento.

Para isso, deverá ter alguma paciência para que o preenchimento aconteça de forma correta.

Afinal, é preciso que fique uniforme, para que a quantidade em cada parte fique harmoniosa. Isto fará com que o efeito final seja ainda mais bonito.

6 – Finalização

Para finalizar, junte todas as camadas e pronto! Pode admirar o seu primeiro trabalho de patchwork.

Aqui na Maria Pirosa temos aulas de Patchwork, onde podem entrar iniciantes nesta técnica.

Além disso, para mais dicas e inspirações para as suas peças, consulte os livros disponíveis na nossa loja!

Partilhar artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Subscreva as nossas Newsletters

Seja a primeira a saber as novidades!